6 – Megawati Sukarnoputri: “Limbuk Torna-se Rainha”

Este capítulo destaca a vida e a liderança de Megawati Sukarnoputri, que se tornou o primeiro moderno Muçulmano mulher chefe de estado. A filha mais velha de Sukarno, Herói Nacional da Indonésia, Megawati emergiu como líder em uma época em que a sociedade indonésia estava em crise social e política. Sua rápida ascensão ao poder perturbou homens poderosos, que a menosprezaram como apenas uma “dona de casa” e perceberam sua campanha política como perturbadora e subversiva. Temendo a rápida perda de sua legitimidade, o ditador Suharto fez alianças políticas com partidos islâmicos linha-dura para impedir a campanha presidencial de Megawati. Mas ele falhou espetacularmente em detê-la ou em amortecer seu apoio público. Discuto a intensa rivalidade política sobre a presidência após a queda de Suharto e o apelo ao hadith profético para desqualificar Megawati. Ficou claro que não era uma convicção religiosa genuína que procurava bloquear o avanço político de uma mulher, mas a intensa ansiedade da elite política masculina cujo domínio político estava em perigo. Ela não era nem uma “dona de casa estúpida” nem sua liderança condenava a Indonésia. Ela acabou sendo uma política astuta: calma e despretensiosa, como a Indonésia nunca tinha visto antes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.